Caderninho da Gabriela Pegurier


MEU ANJO

   Você acredita?

Eu acredito. Sempre acreditei...E quero continuar acreditando.

Porque sei que mesmo quando ele vai dormir, pendura suas asas - brancas - lá na porta do meu quarto. Para que eu, tranquila, possa fechar meus olhos e sonhar. Muito.



Categoria: Lifestyle
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 00h36
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




   BRANCO TOTAL

Se ontem ainda tinha dúvida, hoje tenho certeza...Quero navegar por aí meio sem rumo, nesse mar de roupas coloridas. Eu toda de branco.

 

Só porque hoje é sexta-feira, estou feliz e tenho sangue baiano. Na veia.



Categoria: Moda
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 15h42
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




  TINTA FRESCA

A casa está precisando de uma pintura?

Existem épocas em que a gente precisa de tintas fortes para colorir a nossa vida. Para mim agora, não é uma dessas..

 

Nunca havia tentado raspar as camadas, que cobrem as paredes de minha casa antes, tanto quanto nesse momento. Estou sentindo a necessidade de despir-me dos excessos que por vezes disfarçam quem eu sou. Realmente.

 

Talvez se tudo estiver mais às claras, eu encontre a serenidade que busco...Na transparência que vem através da fusão de cores do espectro. Todo...Num branco no branco - puro - que transmita paz. De espírito.



Categoria: Casa
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 03h31
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




BOAS LEMBRANÇAS

  

Quanto espaço ainda tem de sobra na memória?

Uma cena e tanto captada ontem, ao acaso, por aí. Senti-me até um pouco constrangida de estar invadindo um momento tão particular, mas como todo mundo aprecia o belo...Não podia deixar de mostrar a beleza desse instante. Aqui.

 

A nossa memória deveria ter uma capacidade ilimitada de armazenamento, para que pudéssemos guardar na lembrança todas passagens especiais de nossas vidas. Por algum motivo, que foge a minha compreensão, o nosso disco rígido lota de tempos em tempos e acabamos apagando imagens muitas vezes importantes. Irrecuperáveis.

 

Tomara que os dois tenham salvado essa foto, além de mim. Quem sabe daqui a alguns anos, quando eles menos esperem, possam precisar dela. Muito. Para relembrá-los do que já foram um dia. Juntos.



Categoria: Lifestyle
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 23h13
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

 

OCEANO por Isabella Alvim

 

Amigo é alguém que podemos pensar em voz alta. Essa frase me acompanha desde a adolescência, fase que os amigos inundam nossas vidas e tornam-se grandes referências; não raro, tornam-se mais importantes que nossas próprias famílias. É o despertar para as nossas verdadeiras afinidades e o grande distanciamento dos modelos familiares. Um salto para experimentarmos quem realmente somos! Não conseguimos fazer isso sozinhos e formamos tribos para enfrentar esse chamado, verdadeiro rito de passagem para a vida adulta e para o autoconhecimento.

 

Amigos, portanto, são pessoas que cruzam nossas vidas e são escolhidas para compartilhar caminhos, decifrar segredos e enfrentar desafios juntos conosco. Impossível, refletir sobre relacionamento, ignorando a amizade! Amigo verdadeiro nos aceita como realmente somos, apesar dos pesares. Mas, nos presenteia com o que não possuímos e tanto necessitamos. Essa é a estética do relacionamento, da troca, do elo.

 

Na última sexta-feira recebi um grande presente de uma amiga: O convite para assistir a um encontro com um guru num Ashram(templo) perto de São Paulo.  Confesso que a sabedoria oriental sempre me encantou pela profundidade e serenidade ao abordar temas fundamentais, desmistificá-los, trazendo-nos para bem perto de nós mesmos, dos nossos sentimentos. Apesar de saber, foi a primeira vez que resolvi sentir tudo isso ao vivo e a cores. O trânsito para sair da cidade, a poluição dos caminhões na marginal, o tempo dentro do carro, a chuva forte na estrada, se dissiparam quando chegamos. De uma construção situada no alto do morro, rodeada por grandes janelas - verdadeiras molduras da natureza encantadora daquele lugar - ouvíamos uma música doce, com sabor oriental.

 

À medida que nos aproximávamos, a música ficava mais nítida; um mantra, várias vozes, instrumentos musicais que eu nunca havia visto nem ouvidos antes, profusão de saias longas, lenços coloridos, roupas soltas, confortáveis, algumas cabeças raspadas, muitas flores e um perfume maravilhoso de terra molhada misturada com incenso. A estética do nosso próprio eu, do contato com nossos sentimentos mais profundos e uma conexão com o inexplicável. Meu coração foi se despedindo da agitação da viagem, lágrimas escorreram pelo rosto, limpando, libertando meu corpo para essa experiência intensa de mim comigo mesma! Incrível perceber pessoas desconhecidas em tamanha sintonia!

 

Ao longo da conversa com o Guru, recordações foram surgindo, uma após outra e me lembrando da relevância dos encontros que vivenciamos, do quanto amizades construídas são oxigênio para nossa caminhada e para a nossa autodescoberta! “Não somos uma simples gota, somos o próprio oceano”, essa afirmação do guru é mais do que sábia, é libertadora! Fazer parte do todo, sendo um e, ao mesmo tempo, ser o todo! Bom valorizar o que a vida nos oferece de mais precioso e mergulhar nas possibilidades desse oceano.

 

E o melhor de tudo? Não teria vivenciado essas descobertas sem o convite encantador de uma amiga...

* escrito exclusivamente para o Design.blog por Isabella Quadros Alvim ialvim@hotmail.com. Psicóloga clínica formada pela Universidade Mackenzie com especialização em Psicologia Analítica no Carl Jung Institute - Chicago/IL, especialização em Arte Integrativa na Universidade Anhembi-Morumbi/SP e Especialização em Psicogerontologia na Puc/SP. E, também para minha sorte, uma gota que caiu no meu oceano.



Categoria: Avaliação
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 11h42
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PIT-STOP

               

 

Está precisando de uma oficina?

 

Nada como uma segunda-feira cheia de compromissos para fazer a gente pisar no breque. Rápido. Cheia de pressa, fui manobrar o carro na garagem agora cedo e bati de frente...Com a dura realidade de que está na hora de encarar uma revisão geral. Eu engatei a ré, olhei no espelho retrovisor para ver se não vinha ninguém por trás e qual não foi o meu susto quando de repente não reconheci quem estava dirigindo! Era eu mesma...Porém, numa versão meio avariada para o meu gosto.

 

Essa vida corrida, sem direito a muitos pit-stops, vai desgastando qualquer um que tenha alguns anos de estrada. São arranhões aqui, mossas ali e problemas de suspensão acolá...Que a gente vai ignorando, por descuido. Puro. Eles vão se acumulando, acumulando...Até o dia que saltam aos olhos. Num piscar, você os enxerga de todos ângulos. Depara-se com aquele momento da verdade onde você tem que tomar uma decisão. Ou larga a mão do volante de vez, ou toma controle da situação. Pra valer.

 

Portanto, vou arrumar um tempo para balancear, regular e calibrar o que estiver precisando de um ajuste. Fino. Quero colocar tudo nos eixos. Ficar nos trinques.  Afinal, adoro o meu ano e modelo...Tem muito gás ainda para rodar por aí. Nada de tentar ficar com cara de Okm, porque nesses casos o máximo que se consegue é virar semi-novo. Muito mais charmoso é ser vintage, todo original de fábrica. Superbem conservado.



Categoria: Beleza
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 12h05
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




   FOME DE VIVER

Você dormiu bem?

 

Poucas coisas no mundo são tão gostosas quanto acordar num domingo ensolarado e tomar um café da manhã super caprichado. Bom sozinho...Mas melhor acompanhado.

 

Alimenta o espírito e sacia a alma. Nutre o nosso coração e nos abastece para o começo da semana...Dando mais fome de viver. Ainda.



Categoria: Lifestyle
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 01h52
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




SAMPA

  

Meu coração é um músculo involuntário e ele pulsa por você.

 

 

 

Foi assim, diante desse cenário, que eu declarei meu amor a cidade ontem...



Categoria: Citação
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 09h27
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




AUTUMN TASTE

    Será que ele virá algum dia?

Segundo dia de outono e nem sinal do querido chegar. Ok...Pode ser ansiedade exagerada da minha parte, mas estou achando que esse calor já deu o que tinha que dar. A natureza é sábia mesmo, porque chega uma hora que até o sol cansa.

 

Estou com uma saudade louca dos dias frescos e tudo que eles trazem. Junto... Com sabor de banana e cor de caramelo. Dupla perfeita.

 

 

banana muffins

1 1/2 x de farinha de trigo
1 c de chá de bicarbonato
1 c de chá de fermento
1/2 c de chá de sal
3 bananas amassadas
3/4 x de açucar
1 ovo levemente batido
1/3 x de manteiga derretida

cobertura crocante
1/3 x de açúcar mascavo
2 c de sopa de farinha de trigo
1/8 c de chá de canela
1 c de sopa de manteiga

Pré-aqueça o forno em 180º e unte as forminhas de muffin caso não vá usar as de papel. Junte a farinha, o bicarbonato, o fermento e o sal em uma vasilha. Reserve. Em outra, bata as bananas amassadas com o ovo, o açúcar refinado e a manteiga derretida. Incorpore os ingredientes secos na mistura. Preencha as forminhas ¾ até a borda. Reserve. Numa terceira vasilha, misture bem o açúcar mascavo, as duas colheres de farinha, a colher de manteiga e de a canela. Cubra por igual às forminhas e asse por aprox. 18 a 20 minutos. Num dia friozinho, sirva os muffins morninhos com o chá de sua preferência...Nesse caso, o meu é Earl Grey.



Categoria: Sabor
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 23h12
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




    SUPERFINE JEANS

Nunca diga nunca?

 

Depois de tempos relutando bravamente contra o skinny jeans...A vontade falou mais alto. Então, estou sucumbindo. Pronto, confessei...Ufa, que alívio! Tantas vezes disse que nunca, jamais, em tempo algum me pegaria...Achava que minhas convicções com relação a isso eram inabaláveis. Pois é, aqui estou eu pagando pela língua. Publicamente.

 

Tentei abafar o caso com dezenas de desculpas diferentes. Todas esfarrapadas, diga-se de passagem. Falava que não era para mim, não podia, não tinha nada a ver comigo, o estilo não combinava com o meu...Mas volta e meia, a idéia vinha e me seduzia de novo. Secretamente. E eu ficava ali...Só imaginando como seria se entregasse os pontos.

 

Portanto, resolvi acabar com o dilema de uma vez e encarar tudo como uma experiência. Sem muito compromisso. Se cair bem, aproveitarei ao máximo - do jeito que for possível - antes que o tempo se encarregue de levar essa moda embora. Agora se não, tudo certo. Cada qual vai para o seu lado, sem remorso. Nem arrependimento. Assim espero..



Categoria: Moda
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 22h57
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




   PIA FRAUS

Nessa o bicho me pegou! De surpresa. Fui sem saber direito do que se tratava a peça, mas como adoro a arena do TUCA, qualquer chance que aparece de assistir um espetáculo por lá, eu não penso duas vezes. Nem meia.

Bichos do Brasil é imperdível. Simplesmente. Uma estória sobre os animais encenada de uma maneira conceitual e minimalista. Nunca tinha visto nada parecido...O melhor do folclore brasileiro sem cair no folclórico.

Cenário, figurino e música instrumental, em plena harmonia. Tudo muito lindo de se ver e impossível de esquecer...Seja qual for a sua idade.

 

 

* todo sáb e dom às 16:00, até meados de maio no TUCA, R. Monte Alegre 1024, SP.



Categoria: Evento
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 18h47
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




  COLETIVO CRIATIVO

Outra loja pra lá de especial e cheia de bossa é essa aqui no baixo Jardins em SP.  Um espaço coletivo de moda onde Maguy did it, Ucha e Annelise de Salles se uniram para encantar menininhas pequenas, moças descoladas e mulheres feitas com suas peças artesanais.

 

Das roupas aos acessórios, passando pela ambientação cozy e atendimento personalizado, tudo é único. Charme feminino puro. Da melhor qualidade.

 

Amanhã, de 10 às 21 horas, as três estarão lançando suas coleções de inverno. Pelo que eu pude ver, espiando através da fresta no papel que cobria a vitrine enquanto o cenário era produzido, vale dar um pulo lá para conferir todas as novidades. Reluzem a ouro..Acredite!

 

 

* Rua Peixoto Gomide 1749, SP..manobristas no local.



Categoria: Evento
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 18h43
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




   DAQUI DESIGN

Não é todo dia que a gente vê um sonho ser realizado. Por isso, fico toda orgulhosa quando leio na mídia alguma nota sobre essa loja carioca de objetos e acessórios para a casa...Uma sementinha germinada há alguns anos atrás que desabrochou numa idéia incrível.

 

A Daqui Design tem relativamente pouco tempo de vida, mas demonstrou que veio para ficar. Tanto que acaba de ganhar uma irmã, a Daqui Indumentária, um espaço multimarcas com criações de estilistas autorais como Alexandre Herchcovich, Ronaldo Fraga, Wilson Ranieri, OEstúdio e À Colecionadora. 

 

Realmente o projeto dessas duas meninas, que eu vi crescer e tornarem-se mulheres bem sucedidas, é super bacana. Ultra-criativo como todas as peças encontradas nesse ponto charmosíssimo no coração do Leblon.



Categoria: Casa
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 15h19
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




CRAZY                     desligue som no HI-FI antes de play> vídeo

                   

 

De louco todo mundo tem um pouco?

 

Acordei para uma manhã chuvosa, daquelas perfeitas entre algumas outras coisas para ligar o som alto e dançar a toa. De pijama. Afinal, é domingo...E deveria ser permitido a todos pelo menos um dia de insanidade por semana.

 

Li outro dia que as mulheres – mais que os homens - têm uma capacidade sensitiva que vai muito além da simples percepção visual. Enxergamos coisas que nem sempre estão ali. Gestalt à parte...Vai ver que é por isso que de vez em quando pareço estar alucinando submersa num mundo de fantasia. Na verdade, deve ser um ato reverso de exercício mental. Puro mecanismo para manter minha cabeça...Em forma.

 

Constatar que um pouco loucura é normal talvez tenha sido o ponto alto de hoje. Já que a vida muitas vezes está bem longe daquilo que a gente imagina ser, nada como extravasar a doideira para elevar o astral e evocar os deuses. Todos.



Categoria: Lifestyle
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 13h43
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




    BELA OU FERA

 

Demorou, mas aconteceu. Depois de mais de 10 anos de carreira sem nunca ter saído mal na foto, alguém conseguiu a proeza de clicar a Gisele assim. Quase incompreensível...Pagam uma pequena fortuna por preciosas horas da diva e depois resolvem camuflá-la.

 

Ontem folheava a Vogue americana, quando de repente deparei-me com essa nova campanha publicitária do Roberto Cavalli. Eu tive que olhar a foto cinco vezes para ter certeza de que se tratava mesmo dela ali sentada, a bordo desse modelito sauvage. Só acreditei, porque tinham outras páginas na seqüência onde ela estava menos montada.

 

Fiquei horas a fio encafifada com essa imagem. Atualmente há tanto estímulo visual no mundo - ainda mais para quem corre atrás disso o dia inteiro como eu - que por instantes pairou uma certa dúvida em mim quanto à intenção dessa produção. E como hoje é sexta-feira, dia de começar a relaxar e parar de pensar em tanta coisa séria...Só para descontrair, montei uma pequena enquête para entender melhor qual que é a dessa foto. Quem quiser me ajudar..

Qual é a dessa foto?

toda bela tem seu dia de fera..acontece com qualquer mortal!

se melhorar a foto, estraga..ela linda de qualquer jeito!

nem tanto ao mar, nem tanto a terra..na média passou.

beleza é algo que vem de dentro..culpado foi o photoshop!

é uma questão de ponto de vista..beleza está nos olhos de quem vê.

o comum está fora de moda..bacana é sair do padrão!

nenhuma das acima



Categoria: Avaliação
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 08h38
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PASSO A PASSO

   Quem é você?

 

Diga com que andas, que te direi quem és...Nesse caso, fez-se necessária uma pequena alteração no ditado popular. Diga com o quê andas, que te direi quem és...Eres uma mulher jovem, cheia de atitude e lançadora de tendência.

 

Se essa descrição encaixa no seu perfil, você provavelmente fará qualquer coisa para ter esse sapato aos seus pés. Enquanto o mainstream olha e torce o nariz, você pede bis. Consegue enxergar o que é que ele tem que os outros não têm. De novo.

 

Nicolas Ghesquière, tem acertado o passo nesse sentido. Balenciaga que o diga. Desde que o rapaz virou estilista da marca, inovou tudo por lá. Radicalmente. Vide como ele levou o estilo da maison de volta para o futuro na temporada passada...E nessa, sem descer do salto, foi às ruas. Sempre atento por onde anda, chega onde quer sem cometer deslizes. Faz ele muito bem, porque em terreno ainda não sedimentado, todo cuidado é pouco...Para não pisar em falso, tropeçar e dar de cara no chão.



Categoria: Moda
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 09h36
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




   BON VOYAGE

Existe presente melhor que esse?

Dentro de algumas semanas, se tudo der certo, eu estarei sentada aí numa dessas mesinhas tomando um café. Em Paris. Com um sol gostoso batendo no rosto, suficiente para aquecer-me do frio já ameno no mês de abril.

 

Não é que a chamam de “cidade luz”?...Pois então, é para lá mesmo que quero ir no meu aniversário. Em busca do je ne sais quoi que está por vir, na esperança que ilumine os próximos anos de minha vida.

 

Como boa ariana que sou, deixei tudo meio que para a última hora. Só comecei a pensar nessa viagem há poucos dias atrás. Vou dar uma vasculhada nas dicas que tenho por aqui, mas qualquer sugestão que alguém tenha para me dar será ultra bem-vinda. Mesmo...S’il te plaits.



Categoria: Lifestyle
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 00h31
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




  PÊNDULO  por Isabella Alvim

Como falar de criação, inspiração, intuição, sem considerar o que somos, o que representamos - nossos anseios mais íntimos?

 

Deleuze costumava dizer que idéias são centros de vibração, que mexem com corpos, sensações, afetos, experiências, modos de vida e atitudes filosóficas independente do nosso querer. É um chamado compulsivo, que não deixa escapatória e precisa ser manifestado. O processo criativo é, portanto, muito doloroso: Exige uma capacidade especial do artista/criador para enfrentar conflitos profundos e encontrar sua expressão. Como desenvolver essa capacidade quando o que vivenciamos é a antítese dessa entrega, desse mergulho no que realmente somos?

 

Não nos permitimos relaxar, rir de nós mesmos, viver simplesmente, conseqüentemente, o que era um chamado torna-se exigência. Dirigimos nossas forças para coisas externas e esquecemos do quanto elas são imprescindíveis para nosso crescimento interior. A busca de referências coletivas, a repressão dos nossos desejos e da nossa história mais íntima, a padronização de opiniões vai dando um tom monocromático aos nossos caminhos, reduzindo nossas possibilidades. Dá para continuar a viagem, negando nosso próprio repertório, enxergando com outros olhos, caminhando com outras pernas, valorizando a verdade do outro?  Aonde se chega assim? Ou melhor, onde você quer chegar?

 

Sempre comparo nossos conteúdos internos a um pêndulo que, para se equilibrar, oscila da falta para o excesso, para a falta, até estabilizar-se no meio, no meio-termo. O aprendizado, as teorias, as experiências testadas por outros são importantíssimas, grande referências, mas apenas isso. Não devem sufocar ou substituir a nossa vontade de ação, de experimentação. De um lado a razão, do outro a emoção. Fico com as duas, com o meio-termo! Precisamos desequilibrar para atingir o equilíbrio, precisamos admitir que erramos, que acertamos, enfim, que somos humanos! Não se tem ouvido para aquilo a que não se tem acesso a partir da experiência, acreditava Nietzsche. “Ser muitas coisas, em muitos lugares, para poder tornar-se um”.

 

Conhecer nossas nuances, colorir nossas escolhas, descobrir a pluridade contida no detalhe e despertar emoções que nem julgávamos capazes de sentir e de provocar... Definitivamente não dá para conquistar tudo isso sem valorizar o que carregamos na nossa própria bagagem. Afinal, você não merece ser o protagonista da sua própria viagem?

 

* escrito exclusivamente para o Design.blog por Isabella Quadros Alvim ialvim@hotmail.com. Psicóloga clínica formada pela Universidade Mackenzie com especialização em Psicologia Analítica no Carl Jung Institute - Chicago/IL, especialização em Arte Integrativa na Universidade Anhembi-Morumbi/SP e Especialização em Psicogerontologia na Puc/SP. E, também uma mulher centrada que pode até oscilar de lá pra cá de vez em quando, mas sempre acaba parando em pé.



Categoria: Avaliação
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 09h52
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




EM VÃO

 

 

O que você quer ser quando crescer?

 

Mind the gap...Há dois dias essa frase não me sai da cabeça. Foi dita durante uma cena de Notes on a Scandal, filme que assisti no cinema sexta a noite. Numa conversa entre Sheba e Barbara, personagens brilhantemente interpretadas por Cate Blanchett e Julie Dench. Respectivamente. Uma delas contava para a outra de sua preocupação com a fenda que se abria dentro de nós com o passar dos anos. Entre a pessoa que um dia tínhamos sonhado ser e a qual nos tornávamos tempos depois. De verdade.

 

Essa idéia me tocou profundamente. Independente da fase de vida que cada um de nós esteja vivendo, talvez isso seja algo que todos devêssemos ter em mente, sempre. Sem querer ser dramática – mas já sendo um pouco – é amedrontador realizar que essa fenda realmente surge. De uma maneira ou de outra. E que se deixarmos que ela se alargue demais, pode acabar nos engolindo de uma vez só. Sem dó.

 

É necessário um esforço hercúleo para diminuir as distâncias que criamos em nós mesmos. Evitar a queda dentro desse abismo - sem fim - é uma tarefa dificílima. Mais fácil construir uma mega ponte como essa em Millau, que conecta duas regiões na França graças a seus 2,460 m de extensão, 343 metros de altura e 400 mil toneladas de concreto, do que preencher nosso vão interno. Para superar esse desafio e ainda por cima concretizar os sonhos, é preciso projetar bem nossas metas, estabelecer convicções, fixar alicerces de confiança, unir forças, fundir talentos, polir arestas, corrigir falhas que surjam ao longo do caminho, instalar sistemas de proteção, montar uma retaguarda...E torcer para ter muita – mas muita - sorte. No final.

 

 

ps: taí uma pontezinha que não sentirá o cheiro da borracha queimada dos pneus do meu carrinho. Sem chance!..No que depender de mim. Só de olhar a foto me dá vertigem.



Categoria: Avaliação
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 22h34
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




CALOR DE CÃO

Como é que foi a sua sexta-feira?

A temperatura lá fora de 45º a sombra fritou meus miolos. A tal ponto, tornando minha sexta-feira numa das mais esquisitas dos últimos tempos. Cheia de assunto para escrever, mas nem uma gota de energia para enfrentar o teclado. A cada tentativa, sentia meu raciocínio escorrer embora junto com o suor no meu pescoço.

 

 12:00 A certa altura, em pleno calor do meio-dia, quase vou tomar um sorvete de menta chocolate-chip na esperança de refrescar um pouco minha existência. No entanto, falta-me coragem para sair...E fico só na vontade.

 

 12:44 Aperto play> pela milionésima vez e Pass this on toca pra mim, mas quem dança ao som dela é o vizinho..rsrs. Sério!

 

 13:32 Leio sobre os preparativos para a visita do papa ao Brasil e me dou conta do quão distante tenho estado da religião. Não da fé, porque essa eu tenho de sobra...Mas ultimamente, a única ligação divina que tenho tido, é com a calça nova da True Religion que ganhei adiantada de aniversário. Um pecado de tão linda!

 

 14:01 Continuo pecando...Cobiço agora Balenciaga. Uma outra calça, bem menos sequinha e memorável que a cibernética dourada da última coleção, mas simplesmente irresistível. De repente, sinto-me profundamente incomodada e deliro que aquele calor infernal deve ser meu castigo por tanta futilidade.

 

 14:40 Sem fome....esqueço de almoçar. Abro minha agenda e percebo que se não correr vou acabar perdendo a exposição do über-artista plástico indiano-britânico, Anish Kapoor, aqui em São Paulo. Ela só fica no CCBB até 1º. de abril. Só hein...Não é mentira não!

 

 15:35 Por sinal, "mentira" é a palavra-manifesto de uns dos painéis do grafiteiro mor, Flip, que me chama a atenção logo em seguida em uma revista. A matéria informa que ele estará na exposição Fabulosas Desordens, no Rio de Janeiro do dia 13 de março até 29 de abril. Então, bloqueio um final de semana carioca no meu Outlook, especialmente para isso.



Categoria: Lifestyle
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 15h27
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 16:00 Eis que surge a maior surpresa do dia, da semana, do mês e quizá do ano...Candy chega em casa numa caixinha de papelão para adoçar meu coração! Fofa demais.

 17:00 Visão meiga igual, só mesmo quando checo meu e-mail e dou de cara com essa foto no convite para conhecer a coleção nova da loja de roupa infantil, Balangandã. Semana que vem...Anoto também.

 

 17:30 A tarde vai caindo e me levando consigo, devagarzinho. Numa derradeira tentativa de salvar o que ainda resta dela, troco de roupa correndo e saio para manicure determinada a colorir meu final de semana. Com esmalte Risqué – cor “Gabriela”.

 

 21:25 E finalmente ali, no escurinho daquela sala cinema gelada, encontro o conforto desejado. Fecho meu dia em ótima companhia, ao lado de Cate Blanchett e Julie Dench, em Notes on a Scandal. Enquanto na tela, a estória contada de forma impecável pega fogo, eu me cubro do frio com uma jaqueta...E chego ao fim de mais um dia. Feliz!



Categoria: Lifestyle
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 02h25
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




SHE

 

                   

 

Que dia é hoje mesmo?

 

Quem quer que tenha criado a mulher, sabia das coisas. Entendia muito de design. Conseguiu conceber uma variedade tão grande de tipos diferentes que chega a ser quase impossível enumerá-las todas aqui. Num post só.

 

Elas vêm em todas as cores, formas e sabores. Alta, baixa, magra, gorda, oriental, negra, índia, branca, loira, ruiva, morena, mãe, filha, livre, leve, solta, sábia, louca, otimista, realista, segura, frágil, sofrida, querida, destemida, medrosa, bonita, menos, inteligente, menos, distraída, tímida, atirada, antenada, desencanada, sarada, bronzeada, estudada, siliconada, afetada, desleixada, recatada, calada, mal amada, apaixonada...E por aí vai. Todas especiais, de uma forma ou de outra. Únicas. Repletas de personagens que podem representar ao longo de suas vidas. Simultaneamente, se assim o quiserem. Sem que um anule o outro. Muito pelo contrário, que melhor exemplo de Eva podem dar as suas filhas, assumindo – sem medo - que têm múltiplas co-habitando num mesmo corpo?...Nenhum.

 

Fazem por merecer que todo dia seja o seu e não somente o de hoje. Como também reconhecem que sem o homem, perde-se metade da graça. E como! Por isso lutam bravamente para que todos os dias sejam de ambos...Juntos. Podem até enfiar os pés pelas mãos - vez por outra – na fissura de tornarem-se onipresentes. Afinal de contas, não é fácil manter a ternura diante de uma rotina tão dura...É são imperfeitas sim, dependendo das circunstâncias, porém legítimas. No eterno sonho de serem amadas, mas acima de tudo, desejadas. Sempre.



Categoria: Avaliação
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 00h16
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




  SANTO REMÉDIO

Existe receita para a felicidade?

 

Têm dias que só um doce para nos fazer feliz. Mesmo. Ontem, por exemplo, esse foi o meu caso. O calor lá fora era tão intenso, que me derreteu por dentro igual o petit gâteau saboreado na ânsia de preencher um certo vazio incomum que sentia em mim.  

 

Chocolate é assim...Funciona como um santo. Concede-nos verdadeiros milagres quando mais necessitamos. Sem perguntas, sem cobranças. Só prazer. De fazer com o que quer que esteja nos incomodando se pulverize, em questão de segundos. Para daí, um bem estar - sem tamanho - tomar conta de todos nossos cantos, recantos...E encantos.

 

Quando a crostra daquele pequenino vulcão se rompeu, uma lava espessa com gosto de cacau inundou meu prato e minha alma. E o desconforto se foi como num passe de mágica. Bendito seja esse divino remédio que curou-me pela boca. Tão eficaz que passo aqui a receita para quem precisar. Eventualmente.

 

petit gâteau

1 1/4 x de chá de manteiga
3/4 x de chá de açúcar
3/4 x de chá de farinha de trigo
250 g de chocolate meio amargo em pedaços
5 gemas
5 ovos

 

Unte com manteiga 12 forminhas redondas com aprox. 7 cm de diâmetro. Reserve. Pré-aqueça o forno em 250ºC. Numa tigela refratária apoiada sobre uma panela com água bem quente, sem ferver, derreta o chocolate e a manteiga, mexendo delicadamente. Numa tigela grande, misture as gemas com os ovos e o açúcar. Junte o chocolate derretido e a farinha aos poucos, mexendo bem. Distribua a massa nas forminhas. Asse por volta de 7 minutos. Os bolinhos estarão no ponto certo quando as bordas estiverem assadas e o centro apresentar textura mole ao ser pressionado com o dedo. Retire do forno e desinforme. Sirva com sorvete de baunilha.

Categoria: Sabor
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 23h20
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 PAIXÃO DE VERÃO

Amor de verão arde como fogo de palha?

 

Nem borracha, nem couro. Pretendo terminar meu verão com palha. Eu e esse aí da Camper temos um caso de amor que já dura alguns meses. Pelo menos uns três. Desde que o vi pela primeira vez, nunca mais o tirei da cabeça. Muito menos do pé.

 

Apaixonei-me por ele, porque é diferente dos outros. Por aí. Faz-me tão bem, que sinto como se estivesse andando nas nuvens! O tempo todo. Além do que, tem muita personalidade. Desencanado, mas cheio de estilo, ele me acompanha a todos os lugares que tenho tido vontade de ir ultimamente. Numa boa.

 

Seu charme acaba chamando muita atenção. Sempre. Tudo bem, o que é bacana é para ser olhado mesmo. Eu sei disso. Agora...Nem vem, se alguém o deseja tanto quanto eu, então que arrume o seu, porque esse...ah, ele é só meu!

 

 

* para interessados, esse encontro aconteceu no 2o. piso do Shopping Iguatemi em SP



Categoria: Moda
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 01h56
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




LETRA E MELODIA

                       

Que tal organizar sua playlist?

Nessa manhã preguiçosa de domingo, um cara que cria música que veste acabou me inspirando a dar um shuffle na trilha sonora de minha vida. Passei o resto do dia todo na cadência de rewinds e fast-fowards, juntando as letras que cantaram minha história e as melodias que embalaram sua trajetória. 

 

Busquei todos os compassos que marcaram o ritmo de certos momentos. Especiais. Finalmente, consegui compilar o conjunto de uma obra composta por mim, mas tocada a várias mãos. Certamente como eu, cada um pode mixar seu próprio set. Basta parar e ouvir suas músicas. Uma por uma.

 

Aquela para se jogar quando o corpo pede

e a mente cede, 

uma francesa que provoca gemido

se sussurrada ao pé do ouvido,

uma ensurdecedora só para disfarçar

a vontade de chorar,

uma balada boa

que não deixa ninguém ficar a toa,

talvez uma eletrônica

para contrapor noites na sinfônica,

cantada no chuveiro sem tom certo

nem ninguém por perto,

num dia punk uma inglesa

pra dançar em cima da mesa,

uma lenta de tirar o fôlego

naquela hora do chamego,

ou ainda aquela romântica sob medida

para a estória que não tem saída,

ou simplesmente...uma batucada

por quem sabe levar a vida numa doce toada.

 

Sejam quais forem as suas... just play it again, Sam.



Categoria: Moda
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 01h55
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PROPRIEDADE INTELECTUAL

 

    Ter ou não ter ética?

 

Eis a questão. Na minha opinião, essa é fácil. Basta ter um pouco de bom senso...E muita ética. No entanto, acabo de sentir na pele que não é bem assim que as coisas funcionam. O Design.blog foi clonado. Escancaradamente.

 

De imediato, ao descobrir sobre o ocorrido, me lembrei de ter ouvido uma vez o consagrado estilista americano, Marc Jacobs, dizer numa entrevista que não se incomodava em ser copiado. Segundo ele, isso era resultado do sucesso. Se os outros imitavam seu trabalho, é porque ele era muito bom.

 

Olhando por esse prisma, o fato se torna mais confortável. De forma nenhuma, mais aceitável. Principalmente, quando não foi pedida permissão para pegar algo seu, criado e suado...Emprestado. Desde que o mundo é mundo, coisas desse naipe acontecem. Hoje em dia na internet então, tem um bocado de gente sem noção. Trafegam pela rede como se ali fosse terra de ninguém. Invadem sua casa e apoderam-se do que não lhes pertence. Uma pena...Para eles.

 

-----   ---   -----

 

G: Alessandro, se você tivesse pedido talvez eu até tivesse concedido. Pois bem, se você resolveu dar ao seu blog o título de Parar para Pensar, acho que essa é hora de botar o seu cérebro para funcionar e fazer o nome valer! Muito obrigada por gostar tanto da minha casa. Agora, que tal cuidar melhor da sua? Aproveite o conselho e o fluxo de visitantes que estou enviando-lhe. Boa sorte e sucesso, sempre. (03/03/2007 2:46)

 

A: Gabriela, lamento ter causado tanto constrangimento assim...de maneira alguma o intuito foi clonar seu blog. Se vc der uma olhadinha em uns posts atrás vai ver que até sua ajuda eu pedi. Sou um completo "ignorante" em se tratando de linguagem de programação e estou tentando criar um blog limpo, leve, nada pronto, entende, mais não encontrei ninguém que me desse a mão. Ai veio a idéia de "tomar emprestado sua estrutura" e tentar modificar TUDO até chegar na minha. Tentando aprender SOZINHO. Mas, deu tudo errado! Inclusive já tirei do ar! Estou estremamente constrangido com essa situação gerada! Me perdoe! Deveria ter buscado outros caminhos. Seu blog é LINDO e vc tem demonstrado ser +LINDA ainda! Abraços, ALESSANDRO. (03/03/2007 10:30)

 

G: Incrível, Alessandro!...você talvez não saiba programar um site em html, como eu tb naõ sabia qd comecei, mas vc sabe TUDO sobre como ser um tremendo exemplo! Quem dera no mundo houvesse mais pessoas com uma atitude assim tão bacana quanto a sua... ele seria um espetáculo ainda maior do que já é! Entra em contato comigo por email, que terei prazer em te ajudar a fazer algo que tenha mais a sua cara, ok? Valeu cara! Mesmo. (03/03/2007 13:12)



Categoria: Avaliação
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 01h46
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




  BILLBOARD

Vem chegando março, mas antes quero agradecer por fevereiro. E muito.

 

Esse mês que veio assim como quem não quer nada...E me presenteou com a UOL reconhecendo o Design.blog como topo da lista dos “legais do público”.

 

Um espaço virtual que me acolheu na vida real. Serei grata, sempre.



Categoria: Evento
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 21h26
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




  PROGRAMA DELICIOSO

Está sem programa semana que vem?

Corre! Senão acaba....a peça e a pipoca.

A Casa dos Budas Ditosos, monólogo imperdível com Fernanda Torres, às terças e quartas no Cultura Artística só vai até final de março. Talvez seja sua última chance de assistir esse espetáculo incrível em São Paulo. Sob medida, ele é rico no texto e econômico no cenário. 

Sem falar na pipoca doce cor de carmim do Batista - carrinho do meio entre os três que fazem ponto na porta do teatro há anos - que faz parte do programa enquanto se espera na fila para entrar. Fui ontem. Recomendo de olhos fechados e de boca aberta. De tanto rir e devorar essa delícia.



Categoria: Evento
Escrito por Gabriela Pegurier Design.blog às 01h25
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



 

Gabriela Pegurier, pessoal e intransferível. Estou aqui frente, verso e entrelinhas.

Como o design, a estética e a culinária sempre fizeram parte importante do meu universo, é através deles que me expresso. Meu olhar, meu afeto, minha vida.

Meus relatos aqui são apenas elucubrações sem compromisso sobre o cotidiano e, minhas dicas são o prazer que tenho em compartilhar conhecimento. Coisas que de alguma maneira foram catalizadas em minha mente por algo que vi, vivi ou provei.

Tomara que goste daqui e volte outras vezes para saborear isso comigo. Assim posso lhe contar mais um pouco, sempre!


JUST DANCE

Of Monsters and Men
BELEZA PURA
entre
NO ESCURINHO
CHEF
LINHA DO TEMPO
INTERESSES
  Todas as Categorias
  Link
  Evento
  Citação
  Avaliação
  Objeto de Desejo
  Moda
  Casa
  Beleza
  Lifestyle
  Sabor
BOM DEMAIS
  CHIC Gloria Kalil
  CINEMA EM CENA
  DESIGN SPONGE
  FACE HUNTER
  GLAMURAMA J. Pascowitch
  JAMIE OLIVER Cooking
  MARTHA STEWART Living
  MIXIRICA
  MUKIFUCHIC Design blog
  MUSICOVERY
  MY PREVIEW Fashion blog
  OFICINA DE ESTILO
  REVERBCITY Rock T-shirts
  SANTA MISTURA
  STYLE.COM Online Vogue & W
  TASTE Lifestyle tips
  TIME OUT Online
  THE SARTORIALIST
CURRENT MOON
QUALQUER NOTA
  Avalie aqui o Design.blog



O que é isto?