Caderninho da Gabriela Pegurier


MOQUECA BAIANA

O que é mesmo que a baiana tem?

Minha amiga Isabella diz que a baiana tem dendê e dengo. Eu concordo. Aquela nascida na terra ensolarada entre Minas Gerais e Pernambuco tem um borogodó gostoso que tempera, sem igual, a vida e o prato dela.

Eu não sou da Bahia, mas minha avó materna era. E, por isso me permito falar com uma certa propriedade quando o assunto é “baianidade”. Gosto de pensar que herdei um pouco do jeito dela de ser, mas isso é a mais pura fantasia da minha parte. Na verdade, a sua malemolência me encantava tanto, que eu acabava tentando imitá-la. Mas, isso é outra estória que eu conto outro dia.

A história de hoje é outra. É simplesmente uma homenagem que gostaria de fazer aqui para a minha saudosa avózinha e todas as baianas que me inspiraram de alguma forma a ousar na vida e a apimentar minha comida, sem vergonha e com muito amor. Para quem quiser colocar aquele "jeito que Deus dá" na sua panela, segue abaixo a receita da Moqueca de Cação e Camarão que eu preparei há duas semanas atrás, como “prato assinatura” - na 1a. prova do programa de TV "Cozinheiros Em Ação 2” no Canal GNT apresentado pelo Olivier Anquier, na qual terminei vencedora.

Ingredientes (para 4 pessoas):

700g de postas de cação com osso
500g de camarões rosa graúdos limpos
3 cebolas grandes (2 picadas e 1 em rodelas)
3 dentes de alho roxo picados
3 tomates grandes maduros (2 picados sem pele e sementes e 1 em rodelas)
1 pimentão vermelho pequeno (em rodelas)
1 pimentão amarelo pequeno (em rodelas)
1 pimentão verde pequeno (em rodelas)
1 pimenta dedo-de-moça picada
1 maço de salsinha e cebolinha picado
1 maço de coentro picado
1 limão
1 vidro de azeite de dendê (200ml)
2 vidros de leite de coco (200ml)
2 xícaras de arroz branco agulhinha
500g de farinha de mandioca crua
2 colheres de sopa (rasas) de amido de milho
4 colheres (sopa) cheias de azeite
Sal e 
Pimenta-do-reino preta a gosto

Numa panela em fogo médio, refogue ½ cebola e 1 dente de alho picados em duas colheres de sopa de azeite até que estejam transparentes. Adicione o arroz lavado para dar uma leve fritada. Tempere com 1 colher de sobremesa rasa de sal e cubra imediatamente com 4 xícaras de água fervente. Abaixe o fogo e cubra parcialmente a panela com sua tampa (suficiente para possibilitar que o vapor saia pela abertura). Deixe cozinhar até que praticamente toda a água tenha secado e furinhos na camada de cima do arroz tenham aparecido. Apague o fogo, tampe a panela completamente e reserve.

Refogue, de preferência numa panela própria para moqueca (pré-aquecida), 1 ½ cebolas picadas e 2 dentes de alho numa mistura de 2 colheres de azeite de oliva e 2 de azeite de dendê. Quando estiverem transparentes, junte 2 tomates picados (sem pele e sementes) fritando por mais 1 minuto. Junte as postas de peixe (temperadas com sal, pimenta-do-reino e limão) e, logo em seguida, cubra-as com um punhado de salsinha e cebolinha picadas, as rodelas de 1 cebola, dos pimentões e de 1 tomate, a pimenta dedo-de-moça picada, intercalando com os camarões.

Regue tudo com um fio generoso de azeite de dendê e depois cubra com o leite de coco misturado com 1 colher de sobremesa de maizena. Tampe a panela e deixe cozinhar, sem mexer, por 10-12 minutos em fogo médio. Sirva com coentro picado em cima. Enquanto a moqueca estiver cozinhando, esquente uma frigideira com 2 colheres de sopa de azeite de dendê e coloque a farinha de mandioca. Frite tudo por uns 3 minutos e tempere no final com uma pitada de sal. Daí é só servir essa moqueca arretada de boa na panela de barro mesmo, com arroz branco fresquinho e farofinha de dendê em cumbucas para acompanhar!

tocando no player enquanto eu escrevia>>

 



Categoria: Sabor
Escrito por escrito por Gabriela Pegurier às 10h19
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



 

Gabriela Pegurier, pessoal e intransferível. Estou aqui frente, verso e entrelinhas.

Como o design, a estética e a culinária sempre fizeram parte importante do meu universo, é através deles que me expresso. Meu olhar, meu afeto, minha vida.

Meus relatos aqui são apenas elucubrações sem compromisso sobre o cotidiano e, minhas dicas são o prazer que tenho em compartilhar conhecimento. Coisas que de alguma maneira foram catalizadas em minha mente por algo que vi, vivi ou provei.

Tomara que goste daqui e volte outras vezes para saborear isso comigo. Assim posso lhe contar mais um pouco, sempre!


JUST DANCE

Of Monsters and Men
BELEZA PURA
entre
NO ESCURINHO
CHEF
LINHA DO TEMPO
INTERESSES
  Todas as Categorias
  Link
  Evento
  Citação
  Avaliação
  Objeto de Desejo
  Moda
  Casa
  Beleza
  Lifestyle
  Sabor
BOM DEMAIS
  CHIC Gloria Kalil
  CINEMA EM CENA
  DESIGN SPONGE
  FACE HUNTER
  GLAMURAMA J. Pascowitch
  JAMIE OLIVER Cooking
  MARTHA STEWART Living
  MIXIRICA
  MUKIFUCHIC Design blog
  MUSICOVERY
  MY PREVIEW Fashion blog
  OFICINA DE ESTILO
  REVERBCITY Rock T-shirts
  SANTA MISTURA
  STYLE.COM Online Vogue & W
  TASTE Lifestyle tips
  TIME OUT Online
  THE SARTORIALIST
CURRENT MOON
QUALQUER NOTA
  Avalie aqui o Design.blog



O que é isto?